Arquivo de Tag | sentimento.vida

É ou não é. – Elisabete Cunha

65

:

Amor não acaba. Filmes acabam, balas acabam, dias acabam, beijos acabam, noites acabam, chocolate acaba, o assunto acaba, a paciência acaba, a vontade acaba – desejo diminui. Mas o amor não. Ele entra em coma, fica fraco, doente e, se for o caso, morre. Amor não é um sentimento, um fato, um objeto. Amor é uma vida, é algo que sai da compreensão humana, científica, racional. Amor não começa e acaba.
Amor nasce e morre.
É ou não é. Não sobrevive na UTI.
Morre de morte morrida.
Não tem ressurreição que dê jeito.

Elisabete Cunha

Anúncios

Renovação diária – Clarissa Corrêa

DSC00011;
;
Nem sempre a realidade se apresenta na forma daquele lindo sonho. Mesmo sem querer, criamos expectativas para tudo na vida. Todo mundo espera pelo príncipe encantado, pelo trabalho dos sonhos, pela família de comercial de margarina light, pelo cabelo da modelo no comercial de shampoo, pelos milagres prometidos nas capas de revista. Mas o dia a dia pode ser duro, o mundo real pode se mostrar um pouco mais cruel que os sonhos adocicados. Frequentemente esquecemos que a perfeição só existe naquele filme que está em cartaz no cinema pertinho da sua casa. Não entendo essa nossa mania desumana de querer que tudo seja sempre especial, único e intenso. A rotina não tem nada de bonita. As pilhas e pilhas de relatórios em cima da sua mesa só acumulam. O cachorro continua fazendo xixi na perna do sofá. O telefone continua sem tocar. Você segue esperando alguma coisa boa cair do céu no seu colo macio e sedoso. 
 
Será que o erro não está aí dentro? Será que não é a hora certa de rever atitudes, pensamentos e conceitos? Será que não estamos querendo um mundo ideal e por vezes esquecemos que muitas coisas estão, sim, em nossas mãos e que outras tantas não dependem de nós? Será que esquecemos que, sendo seres imperfeitos, não podemos cobrar a perfeição dos outros? Será que não queremos frios na barriga diários, fogos de artifício e trilhas sonoras para momentos simples? Será que não estamos cegos?
 
Coisas boas acontecem todos os dias, é só abrir os olhos e o coração para a infinidade de pequenas alegrias. Não adianta buscar emoção, sonho e fantasia se você não sabe fazer um momento aparentemente simples virar especial. Tudo está dentro de nós e eu te garanto que isso não é papo para boi dormir. Não espere grandes acontecimentos, aprecie tudo que a vida oferece com um sorriso no rosto. Não espere uma cena de filme, faça e viva a sua vida da forma que puder e souber. Mas entenda que os melhores momentos acontecem quando estamos distraídos pensando que a vida do outro é bem mais interessante que a nossa.

Para ficar mais perto do sol!


Abra a janela. De dentro.
Mantenha o coração aberto. Para tudo. E para todos. Use mais a intuição. Arrisque. Permita-se. Não se culpe tanto. Aceite os erros. Os seus e dos outros. Sem exceção. Chore sobre o leite derramado, mas depois enxugue tudo e prossiga. De cabeça erguida. Seja forte mas seja doce. Ou agridoce, se preferir… Seja suave. Suavize.  Conjugue o verbo tranquilizar-se mais vezes… Tranquilize-se.  Liberte-se dos conceitos. Não julgue e nem cultue tantos  pré-conceitos. Acolha e nunca condene.  Abra-se ao novo, mas respeite o antigo, nele podem estar muitas respostas.
Pergunte quando não entender, e nunca se envergonhe. Apenas diga a verdade. Saiba lidar com as pequenas mentiras, são elas que mantém o mundo de pé. Peque todos os pecados capitais, mas AME sob todas as coisas que estão entre o céu e o mar. Entregue tudo o que não entender ao Infinito. E confie mais. Mas desconfie vez ou outra. Suba em lugares inusitados. Reformule. Abra os olhos. Mais abertos. Muito mais que abertos. Espertos. As possibilidades são brincalhonas e gostam de se disfarçar de toda forma, até feito um quebra-cabeça. Complicado. Fique atenta. Discorde quando sentir vontade. Concorde se puder. Acorde a hora que quiser. Ninguém tem nada com isso. Insista, ou desista se achar que já deu. Admita suas tristezas. Não mascare sua alegria. Aproveite bem mais o dia. E sorria. Muito, sempre e mesmo que esteja difícil. Ele é um antídoto. Natural. Persista no sorriso. Não espere nada nem coisa nenhuma de ninguém, mas sonhe todos os sonhos que desejar. Viva um minuto por vez e respire. Profundamente. Ar é vida. Você ficaria surpresa em se ver respirando quando está tensa… Expire. Aspire. Lentamente. Carinhosamente.Tenha sede de vida. E beba toda água que puder. Água purifica. Ame a vida e divida seu calor. Abrace, beije, toque. Chegue mais perto. Seja um ser abraçador. Construa felicidades pequenas, e não duvide de nada. Tudo é possível. Ou não… Tanto faz, corra atrás. Se valer a pena.

E então, quando vier o cair da tarde e o sol resolver se pôr, agradeça uma, duas, muitas vezes por todo seu calor. Agradeça ao sol, à tudo e à todos, e finalmente durma tranquilo, você deu ao amor, abrigo, você foi sol e calor! Durma tranquilo, amanhã é outro dia e o sol sempre volta á brilhar. É só abrir bem as janelas, e deixar ele entrar!

O Amor é abstrato ?

engenheirizei-o-hawaii:

Infinita Highway 

O Amor é abstrato.

Talvez o abstrato mais citado e desejado
entre tanta coisa abstrata que nos cerca.
O Amor é imensidão.
Talvez o mais imenso sentimento que
somos capazes de sentir.
O Amor é plural.
Talvez seja soma, talvez multiplicação,
jamais diminuição.
O Amor é necessidade.
Talvez seja também desejo, a grande
sede de bem querer e ser bem querido.
O Amor é alimento.
Talvez o único capaz de nos manter
além de vivos, humanos.
O Amor é início.
Talvez seja o meio para que se afaste
o fim, talvez Ele nunca alcance o fim.
O Amor é tudo.
Talvez seja a partícula primeira, e feito
energia, em tudo esteja.

Sobre o Amor, toda metáfora existe,
toda poesia quer rimá-lo, toda
canção orquestrá-lo, todo ser vivente
anseia seu toque, sua proteção,
sua ESCOLHA…

Como alcançar o Amor?…
Talvez uma pista para ter o amor por perto em seu amplo abraço
de tantos lados, seja lembrar que temos de ser capazes de
nos enxergar como ALGUÉM QUE PODE SER AMADO.
Creio que o Amor gosta de brincar e como num afável esconde-esconde,
seja a criança que somos e que está escondida sempre dentro de nós.

Texto Bê Lins

Sexo – Quebrando 9 regras …

Tumblr_luzouqghwc1r60etuo1_500_large

Tudo na vida tem que ter regra, desde como conviver com os outros, a como se comportar na mesa e até fazer sexo. Pois é, existe algumas regrinhas do sexo que você deve quebrar, e não, não é necessário fazer sexo no meio da rua ou algo escatológico, não… Vamos a elas:

9. Tabu- Não fantasiar com outra pessoa durante o sexo.

Bom, se você é daqueles que acham que traição pode ocorrer até em pensamento, você tem que se acalmar. Vamos pensar assim, as vezes uma fantasia pode até apimentar a relação. Não que seja necessário você pensar na irmã da sua esposa, ou no tio do seu namorado, não é isso. A fantasia é com relação a um personagem. Que tal imaginar que a outra é uma enfermeira, dançarina ou algo assim. É sempre bom sair da rotina e nada melhor que fantasias para isso.
De acordo com o editor chefe da revista Good in Bed: “as mulheres pensam mais em outros homens durante o sexo do que os seus parceiros”. Vale lembrar que fantasiar não é o mesmo que trair, não é realidade, é apenas uma forma de melhorar a vida a dois!

8. Tabu- Brinquedos vão assustá-lo.

Fato: Homens gostam de brinquedos. Fato: 30% das mulheres conseguem o orgasmo com objetos e sozinha. Então porque não unir o útil com o agradável?
Brinquedinhos são sempre bem vindos, algo para estimular o casal é sempre bom. É claro que se você forçar o seu parceiro a usar um vibrador nele mesmo seria um POUCO estranho (e com certeza iria assustá-lo), mas nada melhor que uma diversão e uma brincadeira para estimular o sexo.

7. Tabu – Homens não gostam de fazer sexo oral.

Não sei se é verdade, mas assim como nós mulheres fazemos o sexo oral com o intuito de dar prazer ao parceiro (ou parceira) é claro que esperamos que o homem mesmo também o faça conosco. Quem gosta de receber, normalmente gosta de fazer (ou não). Porém, quebrando um pouco essa história, Ian Kerner afirma em seu livro “She comes first?” que 90% do desconforto vem das mulheres por não ter um bom cheiro, ou algo que o seu parceiro não goste.
As mulheres precisam saber que seus parceiros gostam de fazer aquilo para que elas fiquem mais tranquilas e relaxadas!

6.  Tabu- Você precisa estar no clima para fazer sexo

Isso é história. Você não acorda do nada e diz: “Hoje eu só quero fazer sexo”, não é? O clima quem faz é você, ou melhor, vocês. Podemos até ter aquela dor de cabeça, mas com um ambiente legal e uma idéia diferente, com certeza entraremos no clima!

5. Tabu-Nunca fale de sexo com seus amigos

Não sei se isso se encaixa em uma regra, mas com certeza ela deve ser deixada de lado. Não estou falando pra você contar cada detalhe da sua relação sexual com alguém para sua melhor amiga, mas não tem por que esconder que você está bem, que as coisas vão bem.
É até uma forma de trocar ‘figurinhas’, conhecer novas experiências.

4.  Tabu -Não faça sexo no primeiro encontro

Esse é um tabu que precisa ser quebrado. Não há nada que impeça você de transar no primeiro encontro, e isso não vai fazer de você uma qualquer. Determinadas coisas acontecem, não tem como prever.
Química, pele, paixão podem acontecer no instante em que você olha para aquela pessoa e aí… Pronto.

3. Tabu- É normal fingir.

Outra BALELA. Gente, não há necessidade de fingir em um relacionamento. Nada pior do que ficar coma alguém por convenção. Se o sexo não está bom, diga! Se as coisas não vão bem, diga! Nada pior do que saber que algo tão bonito acabou pelo simples fato de você não falar o que está acontecendo.

2.  Tabu- Pornografia é o inimigo

Mulheres, se o seu companheiro gosta de pornografia, de ver fotos de mulheres peladas ou de um filme pornô, isso não significa que ele goste menos de você! Homens têm fantasias, e isso não quer dizer que vocês  não vão ficar juntos ou que ele não sinta tesão por você.
Abrir a mente e quebrar regruinhas básicas aqui. Aproveite e pegue um filme pornô ou erótico, e assista com ele. Você vai se surpreender com o resultado.

1. Tabu- Você tem que ser perfeito (a)

Não há perfeição. Não tem por que você ser perfeito. Sexo é algo sublime, e nem de longe é pra ser algo que lhe deixe mal ou cabisbaixo. Para melhorar a sua relação, nada melhor que inovar, sair da rotina, brincar. Não se prenda a idéias e modelos de felicidade.

Sexo é bom, mas você tem que estar bem consigo mesmo para que isso seja ‘demais’.

E não esqueçam… Façam sexo com camisinha, hein!

Fonte: AOL
Nanne – @Nann_e