Arquivo de Tag | RESPONSABILIDADE

Por que não gostamos de mulheres boazinhas? – Por Leonardo Filomeno

Mulheres de atitude 3
As mulheres boazinhas e fáceis até que são interessantes. Para um encontro de sábado à noite e nada mais. Se quisermos nos envolver de verdade ou até abandonar o futebol do fim de semana com os amigos, tem que ser por uma mulher de atitude, aquela que você admire pela sua personalidade e que você até possa sentir o risco de perder.

Antes que você pense que sou o único a pensar assim, saiba que elas já estão reconhecendo isso. A escritora estadunidense Sherry Argov apontou no seu best-seller “Por que os Homens Amam as Mulheres Poderosas?” os motivos da nossa atração pelas mulheres com mais atitude.

Resolvi então elencar os principais argumentos pelos quais as boazinhas só ficam com os mocinhos nas novelas ou comédias românticas. Homem de verdade gosta é de uma boa mulher com atitude.

1. Quando a esmola é de mais, o santo desconfia…
Mulheres de atitude 7

Sabe aquela mulher que você fica pela primeira vez e ela acha tudo o que você faz incrível, desde a sua religiosa bebedeira com os amigos na sexta à noite, até sua segunda paixão futebolística pela Portuguesa? Sabemos que isso é só uma armadilha para nos fisgar e basta oficializar o romance para as restrições e críticas aparecerem.

Se você conheceu o cara em um boteco com os amigos, não imagine que ele possa largar a cerveja por sua causa. É que nem achar que vai tornar casto um ator de filmes das Brasileirinhas. Relacionamentos funcionam como um tribunal: tudo o que você abrir mão na relação e fizer no começo, será usado contra você por nós posteriormente.

2. Quanto maior for a luta, maior é a recompensa
Mulheres de atitude 5

O ser humano é movido por conquistas e, quanto mais difícil for o troféu, com maior vontade e garra buscaremos o prêmio. Por isso mesmo, não vai ser apenas uma lingerie sexy e uma noite de sexo intensa que vai segurar um cara.

Ao invés de tentar conquistá-lo fazendo tudo para agradá-lo, saiba que gostamos da mulher de atitude porque às vezes ela está disponível, às vezes não. E vai ser nessa autonomia e na falta de dependência que ela vai conquistar o cara, porque vai fazer ele ir atrás dela para não perdê-la.

3. Não são as mulheres excepcionais que nos ganham e sim aquelas que nos desafiam
Mulheres de atitude

Aqui não significa que compactuamos com joguinhos de relacionamento. Trata-se de demonstrar que você é feliz sozinha e não é dependente de alguém para isso. Quando elas demonstram inferioridade ou necessidade do parceiro, logo passamos a testá-la para ver até onde você vai ceder, sempre exigindo mais. Isso é da natureza humana e atinge homens e mulheres, gregos e troianos.

As concessões e a ânsia de agradar diminuem o nosso respeito e acabam com a atração que inicialmente nos aproximou. Nós, geralmente, não sentimos desafiados quando nos encontramos diante de uma mulher que não mede sacrifícios para nos conquistar.

4. Quanto menor é o domínio sobre a mulher, maior é a vontade de estar com ela
Mulheres de atitude 2

Depois de algumas semanas, a mulher boazinha ‘fisgou’ o cara é esta feliz em ficar ao seu lado, isolada do resto do mundo, sem seus antigos laços com as amigas da época de solteira e submetendo sua vida a um espaço dentro da rotina do homem: trabalho, futebol, amigos e namorada.

Uma mulher de atitude não perde tempo refinando as habilidades indispensáveis para “agarrar um cara”. Se ela sai com um homem, é porque a companhia dele é agradável. Saiba que o seu círculo de amizades é tão importante para o relacionamento quanto o nossos amigos. Aprenda com a gente: é possível ter uma vida social fora do relacionamento e nós, homens, agradecemos muito por isso.

5. Aprendemos a conviver com o ônus dessa ‘porra’ toda
Mulheres de atitude 6

Ok, sabemos claramente que gostar de uma mulher com atitude pode acarretar o ônus de encontrar no caminho algumas malucas ou mesmo ter que conviver por muito tempo com garotas de personalidades difíceis de engolir. Mas, como diria Nietzsche: “O verdadeiro homem quer duas coisas: perigo e jogo. Por isso quer a mulher: o jogo mais perigoso”.

Autor Leonardo FilomenoJornalista, fã de esportes, apreciador de cerveja (e destilados), e um camarada que vive dando pitacos na vida alheia – no G+

Anúncios

Candidíase – O Que É?

419686_10151298791570179_566625178_23076713_486081068_n_large

 

Candidíase – O Que É?

A candidíase é uma infecção resultante do crescimento excessivo do fungo cândida albicans e pode aparecer em qualquer parte do corpo.

O cândida albicans está presente em todas as pessoas, mas o seu crescimento excessivo ocorrem em algumas pessoas por causa do sistema imunológico enfraquecido, consumo excessivo de açúcar ou alergias.

Causas da Candidiase

Causas da Candidiase

Em mulheres a candidíase vaginal é a segunda maior causa de ardor vaginal, comichão e descarga vaginal. Estas leveduras encontram-se na vagina de 20% a 50% das mulheres saudáveis e podem ter um desenvolvimento exagerado quando mudam as condições na vagina.

A utilização de antibióticos ou de esteróides é a razão mais comum para o sobre desenvolvimento do fungo. A gravidez, menstruação, esperma, diabetes e a pílula anticoncepcional também podem contribuir para uma candidíase vaginal. A candidíase vaginal é mais comum depois da menopausa.

Aqui estão algumas causas da candidíase:

  • Pessoas que tem um sistema imunológico enfraquecido por causa de tratamentos de câncer, esteróides ou doenças como a AIDS, a candidíase pode ocorrer em todo o corpo e pode ser fatal. O sangue, cérebro, olhos, rins e o coração são os órgãos mais afetados. Apesar disso o fungo cândida também pode crescer nos pulmões, fígado e no baço. A candidíase é uma das maiores causas de esofagite (inflamação do esôfago) em pessoas com o AIDS.
  • Cerca de 15% das pessoas com um sistema imunitário enfraquecido desenvolvem uma doença sistêmica por causa da candidíase. Estas infecções entram na corrente sanguínea através de cortes ou falhas na pele ou nas membranas mucosas. Os fungos cândida podem acumular-se numa determinada área devido ao uso freqüente de antibióticos, que matam a bactéria que mantém o fungo sob controlo.
  • As utilizações de engenhos implantados na pele como os cateteres para urinar ou para dar soro também dão acesso para o fungo entrar no organismo. Os utilizadores de drogas injetáveis que utilizam seringas sujas podem injetar o fungo diretamente para a corrente sanguínea ou para os tecidos.

Tipos de Candidíase

Existem vários tipo de infecções:

  • Candidíase Oral
  • Candidíase Vaginal
  • Candidíase Peniana
  • Candidíase Intestinal

Um problema muito comum são as infecções recorrentes de candidíase – a chamada candidíase recorrente.A candidíase é uma doença comum e existem várias formas de tratar a doença. O tratamento com remédios e produtos farmacêuticos é eficaz para combater os sintomas da doença, mas não impede o reaparecimento da doença porque não toma em conta a causa.

Fontes de reinfecção

Parceiros masculinos – mesmo não apresentando os sintomas, a mulher pode passar a candidíase ao seu parceiro. Poucos homens apresentam os sintomas, mas são fontes de reinfecção.

Pele dos genitais – a candidíase pode reaparecer a partir de lesões, como um trauma provocado na relação sexual.

Artigos de uso pessoal – os fungos ficam em escovas de dentes, bidês, banheiras e roupas íntimas.

Trato gastrointestinal – o intestino é um reservatório de colonização. Uma higiene íntima inadequada pode provocar a disseminação do microorganismo do intestino para o órgão genital feminino, causando reinfestação.

Cuidados

Faça uma perfeita higienização durante o banho.

Prefira sabonete, absorvente e papel higiênicos neutros.

Evite banho em banheiras.

Não use toalhas e roupas de outras pessoas.

Seque bem todo o corpo.

A higiene pessoal deve ser feita da vulva para o orifício retal, nunca ao contrário.

Prefira calcinhas de algodão.

Lave as roupas íntimas com água fervente e sabão.

Evite meias e roupas íntimas de nylon e calças apertadas.

Passe as roupas íntimas com ferro.

Sintomas

Coceira e sensação de ardência na vulva.

Corrimento vaginal branco espesso e aderente.

Inflamação vulvar com vermelhidão.

Algumas mulheres têm apenas uma leve irritação e coceira.

Grande desconforto durante a relação sexual.

Durante o ato sexual, a mulher com candidíase transmite-a ao homem, que dificilmente desenvolve os sintomas – eventualmente o parceiro sexual aparece com pequenas manchas vermelhas no órgão genital masculino, mas acaba se tornando um reservatório da doença.

Devido a isso, o homem deverá fazer também o tratamento, para que ele não retransmita a doença para a mulher que já estiver curada.

O diagnóstico é clínico, através de exames de laboratório e o papanicolau (exame preventivo de câncer).

Tratamento

Por muitos anos, o tratamento da candidíase vaginal era feito com cremes e óvulos. Devido aos inconvenientes da administração, muitas pacientes abandonavam o tratamento.

Hoje existem tratamentos administrados por via oral, com apenas um dia de duração. Siga corretamente a prescrição do seu médico e tome os devidos cuidados para evitar uma reinfecção.

Fonte: http://www.hmdap.com.br

420640_174476066002910_140111176106066_267385_1494865806_n_large
 

SEXO + TABU = INSEGURANÇA!

 

Tive  sorte de ter tido uma mãe  pedagoga, além do seu tempo,com uma cabeça ótima e que sempre conversava comigo. Além disso, sempre tive acesso a livros que tiravam dúvidas .Nos anos oitenta, fui uma pré -adolescente sem  medos  quanto ao sexo e isso me dava responsabilidade e preservação do meu corpo [ claro, com  sintomas de inseguranças de pré- adolescente] ,estávamos saindo de uma Ditadura Militar  [Ainda havia um finalzinho da censura,onde não se podia falar nada ,contrariar o governo e tudo era observado.Surgiam as Bandas de Pop rock com letras que se faziam ingênuas e que no fundo eram recados diretos a sociedade]. Agora vejo preconceitos em pleno Século XXI. Poxa, eu era pré-adolescente nos anos oitenta e já existiam  mesmas dúvidas. Em pleno anos 2009, as dúvidas persistem.Os pais dos pré-adolescentes e adolescentes de hoje , foram os mesmos adolescentes dos anos oitenta  e nada mudou?Gente, aonde estão os pais que ouviam Legião Urbana, Cazuza, Titãs e outros? É urgente conversar mais com seus filhos sobre tudo, inclusive sexo.Quantas meninas e meninos estão se tornando pais antes da hora? Um tema muito polêmico é a masturbação ,vamos falar um pouco sobre ele?

 Masturbação é um negócio muito legal. E muito natural e salutar. Só que as pessoas colocam um monte de neuras. A questão é que desde pequeninos somos ensinados a “não colocar a mão aí”, especialmente as meninas. E os meninos são ensinados a colocar a mão ali desde que em recintos privados. Mas nada disso é realmente  erotizado. A erotização vem mais tarde, vem do ambiente, daquilo que se coloca em torno daquele impulso de descobrir o corpo que o ser humano tem, já que nasce sem se quer conseguir enxergar direito.98% das pessoas se masturbam, e os outros 2% mentem.

Quando a masturbação começa na vida de uma pessoa? Sério… quando começou na sua vida como uma forma de obter prazer? Era uma coisa erotizada? Tinha a ver com o seu corpo e o corpo do outro? Não sei se existem respostas parecidas para todas as pessoas, pois em termos de sexo, temo que as respostas  tendam a ser diferentes, há quem ocultem tanto quanto exponham.Para alguns expor a sua intimidade é algo feio, constrangedor. Parece que o sexo revela da gente mais do que outras coisas, até mais “sérias”, revelariam.

Tem muito namorado que já pediu que a namorada se masturbasse para ele ver. E muita namorada que não sabia exatamente como fazer isso. Outras pensaram em fazer um show estilo filme pornô, fingindo gozar, pois na verdade o modo como se masturbam não é nada sensual. Um casal que se mantém masturbando mesmo na ausência um do outro,mantém o pique do sexo. Se há desejo, fica como se a energia sexual estivesse sendo estimulada do tempo todo. E com sentimento mesmo, pela antecipação, pela fantasia, pela loucura. Ou se as pessoas estão sozinhas, também faz bem. No caso da mulher, alivia o estresse sexual, faz bem para a pele, ajuda a manter o tônus vaginal, tem exercícios ótimos tanto para a vagina como para o esfíncter e reto, enfim, ficar em forma, saudável. Por outro lado, para a mulher que tem dificuldade de atingir o orgasmo, é um exercício de conhecimento do próprio corpo que é terapêutico, e pode depois  ser praticado com o parceiro para ajudar a melhorar essa situação dela.

O companheiro perfeito para a masturbação é o sexo  oral… E nada disso precisa ser piranhagem , cachorrice, nada disso! É gostar de ter prazer e dar prazer, caramba! Entre duas pessoas não há mal nenhum, e se puder colocar toda a personalidade misturada, a carga de desejos, de fantasias, a riqueza de imagens e sonhos que cada um traz, aquela coisa tão pueril que é uma masturbação pode ficar algo muito, mas muito estimulante e forte. Porque não incorporar a masturbação no dia a dia do solitário, e mais, porque não na rotina do casal ativo? Com respeito , responsabilidade e amor ,tudo é válido, sem esquecer o preservativo.

 

PENSE EM SEXO, SEJA RESPONSÁVEL!!

Deixando esclarecido que quando falo em sexo, não admito o lado promíscuo ou pejorativo. Falo no sexo feito com sentimento, respeito e muita responsabilidade, mas aberto, prazeroso e extensivo numa relação sadia e amorosa. SEXO POR SEXO,NÃO!  😦

Há muita coisa que você pode fazer para colocar uma faísca novamente em sua sensualidade e para mostrar ao seu marido/namorado/amante o que você precisa para sentir a paixão que você sabe que merece.

Pense sexy


Uma das coisas mais importantes a lembrar é que o sexo não tem de começar no minuto em que as luzes se apagam.

Eu penso que ser sexy é apenas um estado mental. Se você se sentir sexy, seu corpo será mais suscetível a novas experiências íntimas e sexuais. Pessoas com pensamentos positivos em relação a si mesmas e que se sentem à vontade com seu corpo, na maioria das vezes exalam uma sensualidade natural. Logo, se você tem essa aura sexual positiva sobre você e sente ser sexy, com certeza será beneficiada na hora que estiver fazendo amor.

Isso é uma maravilha porque o sexo traz muitos benefícios positivos para a vida. E estes benefícios incluem a chance de queimar algumas calorias, diminuir a depressão e relaxar o corpo. Estudos comprovam que os problemas do dia-a-dia que nos trazem preocupações e alguma dor, normalmente são aliviados pela manutenção do sexo regular. É claro que depende da gravidade do problema que se possui, mas no geral, manter a regularidade do sexo em algumas vezes na semana faz bem à saúde em todos os pontos.

Deixando claro que não estou dando fórmulas do tesão mundial,nem sou especialista em sexo, . Como cada pessoa é única, pode ser que com vcs não ajudem nada.

Tire um tempo “Seu”


Como mulher e/ou mãe, você deve ter milhares de razões em um dia onde tem que se dedicar para as outras pessoas. Seu marido/namorado precisa de você, seus filhos precisam de você e o seu chefe precisa de você. humpft!

Mas e para você? Se você estiver correndo contra o tempo para cuidar de de todas essas coisas, você apenas irá notar que o dia está começando e acabando e que você nem sequer nota em qual dia do calendário você está. E assim, nessa confusão toda, fica complicado sentir-se sexy, pois ninguém é sexy quando está tão exausta! A solução é encontrar algo que lhe interesse, que aprecie fazer e que te anime, aí é dedicar um tempo para isto muitas vezes ao dia ou na semana e curtir esses momentos.

Não ignore as pequenas manias femininas:


Se você não aprecia o seu corpo, você não irá se sentir sexy. Gaste uns minutinhos extras fazendo as unhas dos pés e das mãos, compre aquele perfume de cheiro suave e macio e arranje um tempo para ficar imersa em um banho bem demorado dentro de uma banheira com água bem quente e com bastante espuma.

Vista-se para sentir-se sexy


Use seda e cetim, mesmo que seja sob a roupa. Por mais que ninguém mais saiba o que você está vestindo, você estará sabendo e, ao sentir a suavidade desse bom material sobre a sua pele, isto irá lhe fazer maravilhas. Uma vez que estes materiais estão associados com sensualidade e sexualidade, de alguma maneira você abrirá o seu humor para uma perspectiva mais sexy da vida. Quando se vestir bem e fizer o seu cabelo, você começará a sentir-se melhor sobre si mesma e sobre a sua aparência. Seja você mesmo bonita para si e os outros com certeza irão notar as diferenças e comentar.

Esteja aberta para a intimidade


Pergunte ao seu companheiro o que ele acha atraente em você. Muitas vezes você vai perceber que ele vê em você alguma coisa que talvez você nem percebeu. Se você quiser brincar um pouco, peça-o que mostre os seus melhores lugares sem usar as palavras, mas usando apenas os olhos, as mãos e, quem sabe, a boca, os dentes, a língua e por aí vai. Assim, você pode acabar a noite com uma agradável massagem em todo o corpo e se sentir amada por completo por seu companheiro em cada centímetro do seu corpo.

Faça sexo com a luz acesa


Sexo é tão natural quanto você é. É importante perceber que não importa o que você acha do seu corpo, mas sim que você é bonita do jeito que é, da forma natural que é. Você, como uma pessoa, tem algo muito mais a oferecer do que simplesmente uma forma física. Você é completa. Sinta-se assim.

Fazer sexo com as luzes acesas permite que você veja a intensidade de seus sentimentos fazendo amor em vez de apenas sentir a intensidade deles. Se você quiser se sentir sexy e abrir-se para as experiências mais positivas da intimidade, o que você precisa é ver-se de uma melhor maneira e gostar disso. Pode ser um pouco diferente para você na primeira vez, mas você pode acabar vendo a verdadeira beleza em sua experiências sexuais e ‘gozar’ muito com isso. Liberar-se é a ordem do dia.

Hummmmm! Aproveite com responsabilidade!

 

USEM CAMISINHA!  🙂

25/07/08