Tá difícil?

A teoria é simples (pra não dizer simplória). Se as coisas estão difíceis, pra quê dificultar? Todo mundo sabe que vivemos tempos competitivos, velozes, agressivos, que nos incitam diariamente à hostilidade. Mas, aonde a gente vai chegar assim?

Pra suavizar esse quadro (pra mim tá na cara) é só remexer nos baús da gentileza, da cortesia, da delicadeza e dos substantivos afins. Alguns podem me dizer que isso é frescura. Outros que isso é só um artifício pra parecer bonzinho. Pode ser também. Mas, eu continuo achando que é uma maneira de fazer a nossa vida e das outras pessoas ser mais leve…

Fico me perguntando em que capítulo a gente perdeu a gentileza e se esqueceu de procurar (registre-se: estou me incluindo na massa do bolo). Tem gente se assustando até com um “bom dia”… Convenhamos, não é tão difícil não furar fila, dar passagem no trânsito, saber falar e saber calar, exercitar o bom humor (pelamordedeus!), segurar um pouco a porta do elevador, não jogar lixo no chão, reclamar menos, ser gentil também com quem a intimidade te abona pra algumas desatenções e por aí vai, numa lista infindável de gentilezas conosco e com o mundo que nem precisavam ser enumeradas…

Ledo engano daqueles que acham que isso é perda de tempo. Isso pode sim mudar o mundo! Gentileza gera gentileza, já disse o Profeta. E eu tô com ele!

Paulo Andrade do Blog Cara de Paulo


Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s