Quando você vier…

Fotos-inspiradoras-com-baloes-18_large
 
 
Quando você vier, venha com calma e devagar.
 
Me dê o tempo o necessário para te reconhecer e te aceitar.
 
Chegue de mansinho e cheio de delicadeza, que já carrego marcas demais…
 
Não traga sonhos ou promessas.Traga um dia depois do outro.
 
Quando você vier, venha só. Deixe pra trás fantasmas, correntes, troféus para que não somemos passado.
 
Quando você vier venha sorriso. Venha alegria. Venha bom humor. Que já cansei da dor e não faço mais esta rima.
 
Quando você vier, venha sem precisar. Só por querer.
 
Quando você vier não venha com palavras açucaradas nem com discursos melosos.
 
Traga na boca só o sabor da sua verdade.
 
Não me afague com doces mentiras nem me afogue em ilusões. Gosto das coisas como elas são.
 
Quando você vier venha por inteiro que já não me contento com metades.
 
E lembre-se de deixar espaços. Eu preciso respirar solidão algumas vezes.
 
Quando você vier me encontre dentro de mim, que é onde eu me sinto melhor.
 
Mas não me invada. Bata antes de entrar. E entre um passo de cada vez. Sem pressa.
 
Quando você vier traga na alma flores estrelas e chuva. Sol vento criança.
 
Tempo coragem e paz. Muita paz, que é algo que eu ainda não tenho. E quero. Muito.
 
Quando você vier, procure saber de mim, mas reserve-me um pouco de mistério.
 
Quando você vier, que venha só uma vez
 
 
Texto lindo de Claudia Regina Barros –  autora do poético Blog Escrivinhadeira
 


Tumblr_lqq171whlh1qg1hgio1_500_large
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s