Fragmentos de Guimarães Rosa

“Mire veja: o mais importante e bonito, do mundo, é isto: que as pessoas não estão sempre iguais, ainda não foram terminadas – mas que elas vão sempre mudando.”

 “Felicidade se acha é em horinhas de descuido”

 “O correr da vida embrulha tudo.
A vida é assim: esquenta e esfria,
aperta e daí afrouxa,
sossega e depois desinquieta.
O que ela quer da gente é coragem..”

“Saudade é ser, depois de ter.”

“Viver para odiar uma pessoa é o mesmo que passar uma vida inteira dedicado à ela”

“No mais, mesmo, da mesmice, sempre vem a novidade.”

“Cada um rema sozinho uma canoa que navega um rio diferente, mesmo parecendo que esta pertinho.”

“As pessoas não morrem, ficam encantadas!”

“Qualquer amor já é um pouquinho de saúde, um descanso na loucura.”

João Guimarães Rosa

Clique no Nome e saiba mais sobre o escritor

Tumblr_l1y0sxhbth1qaysz0o1_500_large

Anúncios

Um pensamento sobre “Fragmentos de Guimarães Rosa

  1. Guimarães Rosa dizia que “viver é perigoso”. Euclides da Cunha dizia que “viver é adaptar-se”. Um padre que também escreveu livros disse que “viver é sagrado”. Aquele médico e aquele engenheiro foram lógicos, o padre foi ontológico. Seduzidos pelas coisas do mundo, Euclides e Guimarães, competentíssimos, talvez, eu não sei, Deus o sabe, foram como que transmutados por este mesmo mundo sedutor e pesado cobrador numa espécie de “fenonhos”, mistura de fenômenos com medonhos…:)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s