Luis de Camões

Art by Magritte


Eu cantarei de amor tão docemente,

Por uns termos em si tão concertados,
Que dois mil acidentes namorados
Faça sentir ao peito que não sente

Luis de Camões


Jamais haverá ano novo, se continuar a copiar os erros dos anos velhos.

Luís de Camões


A verdadeira afeição na longa ausência se prova.

Luis de Camões

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s