Danger Bullying!


Como trabalho na área educacional tem me chegado vários casos de Bullying ,  a palavra “Bully” é de origem inglesa e significa “valentão”. Grande parte das pessoas confunde ou tende a interpretar o bullying simplesmente como a prática de atribuir apelidos pejorativos às pessoas, associando a prática exclusivamente com o contexto escolar. No entanto, tal conceito é mais amplo,o bullying se caracteriza por ser algo agressivo e negativo, executado repetidamente e que ocorre quando há um desequilíbrio de poder entre as partes envolvidas. Desta forma, este comportamento pode ocorrer em vários ambientes, como escolas, universidades, no trabalho ou até mesmo entre vizinhos. Basicamente, a prática do bullying se concentra na combinação entre a intimidação e a humilhação das pessoas, geralmente mais acomodadas, passivas ou que não possuem condições de exercer o poder sobre alguém ou sobre um grupo. Em outras palavras, é uma forma de abuso psicológico, físico e social. No ambiente de trabalho, a intimidação regular e persistente que atinge a integridade e confiança da vítima é caracterizada como bullying. Entre vizinhos, tal prática é identificada quando alguns moradores possuem atitudes propositais e sistemáticas com o fim de atrapalhar e incomodar os outros. Falando especificamente do ambiente escolar, grande parte das agressões é psicológica, ocasionada principalmente pelo uso negativo de apelidos e expressões pejorativas. No entanto, as práticas do bullying no ambiente escolar também se referem às agressões de caráter físico. Um dos casos mais chocantes de bullying escolar foi o de Curtis Taylor, um aluno do oitavo ano de uma escola secundária em Iowa, Estados Unidos. Curtis foi vítima do bullying durante três anos consecutivos: era espancado nos vestiários da escola, suas roupas eram sujas com leite achocolatado e seus pertences, vandalizados. Curtis não resistiu ao sofrimento e humilhação e suicidou em 1993. Este não foi um caso isolado. Na década de 90, os Estados Unidos se depararam com uma onda de tiroteios em escolas, realizados por alunos que se intitulavam vítimas da prática. Depressão, ansiedade, estresse, dores não-especificadas, perda de auto-estima, problemas de relacionamento, abuso de drogas e álcool são os principais problemas associados ao bullying. Ajude denunciando…

Anúncios

12 pensamentos sobre “Danger Bullying!

  1. Será que os políticos (no uso do seu poder de autoridade e mesmo em regimes democráticos) também são agentes activos de bullying?

    Deixo os habituais sorrisos, flores e …poesia 🙂

  2. MEU FILHO FOI VÍTIMA DE BULLYNG NO COLÉGIO E ELES NEM SABIAM DISSO,INACEITÁVEL!

  3. Gostaria de parabenizar,por vc falar disso no blog,sou gordinha e sofro com apelidos.choro muito.

  4. Elisabete

    Como a criança deve agir quando é vítima do bullyng?

  5. SOU PROFESSORA E NA SALA DE AULA PROCURO MANTER TODOS EM HARMONIA,VALORIZANDO CADA UM.

  6. eu estou fazendo um trabalho sobre o bullying e eu acho que ele deve parar!!!

  7. BULLYING É A PIOR DESGRAÇA QUE PODE SURGIR NA VIDA DE UMA PESSOA EU COMPARO AO CÂNCER COM METASTASE. EU E MINHA ESPOSA ESTAMOS SENDO VÍTIMA DO BULLYING, PRINCIPALMENTE ELA. NÓS VOLTAMOS A MORAR NA CASA DA FAMÍLIA DELA E UMAS 24 PESSOAS VIZINHOS SENDO UMA A QUE COMANDA O GRUPO POR SINAL JÁ É ATÉ AVÓ 48ANOS DEZ ANOS MAIS VELHA QUE MINHA ESPOSA. INTIMIDAM COM CHACOTAS APELIDOS GRITAM O NOME DELA ALTAS HORAS DA NOITE PARA INTIMIDAR E PERTUBAR A PAZ, SE NOS TIVESSEMOS CONDIÇÕES FINACEIRAS JÁ TINHAMOS CONTRATADO UM DETIVE E COLOCADO ESSA CORJA NA JUSTIÇA. ACHO A DESVANTAGEM ENTRE A VÍTIMA DO BULLYING É O NÚMERO ASSUSTADOR DE PESSOAS QUE TEDEM PARA FAZER O MAL ATRAVÉS DE AMEAÇAS PSICOLÓGICAS, ACHO TAMBÉM QUE NO CASO DA MINHA ESPOSA O BULLYING ESTA ASSOCIADO A “INVEJA”, POR ESSAS PESSOAS NÃO TEREM PERSPECTIVA DE VIDA E MINHA MULHER É UMA BATALHADORA E VENCEDORA, SÓ QUE NINGUÉM É DE FERRO CHEGA UMA HORA QUE CANSA E FICA DÍFICIL, PARA VÍTIMA SEGUIR UMA VIDA NORMAL MESMO QUE FAÇA VISTA GROSSA. POR FAVOR PRECISAMOS DE ORIENTAÇÃO, PRINCIPALMENTE DE ORDEM JURÍDICA.

  8. O que vocês fariam se vissem muitas pessoas batendo num só, indefeso? São 10 contra 1 – covardia? E que fazem isso porque sabem que esse um não tem mais ninguém para defendê-lo? E que parece que é bullying pago?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s