Guilherme Marconi- Arte e Design

É com grande prazer que trago para vcs que curtem Design  uma Entrevista realizada pelo blog do designUp sobre o grande ilustrador Guilherme Marconi.

dUp: Olá, Guilherme! Fale-nos um pouco de você e do seu trabalho.
GM: Eu sou artista auto ditada, nascido na Cidade de Nova Friburgo no Rio de Janeiro.
Eu não saberia dizer sobre meu trabalho, acho que ele é colorido, alegre, e mesmo que as vezes não pareça, existe um mensagem por trás de todo o caos.
Ah, não poderia esquecer, eu adoro desenhos e séries de tv, nunca perco um capítulo de Heroes, Lost, Prison Break, Smallville, Naruto, Avatar e Stargate Atlantis. Mais importante, eu amo comida japonesa. Isso sou eu…

dsc03957

dUp: Desde quando você descobriu que seria um ilustrador?
GM: Eu sempre desenhei desde de criança, riscava tudo que podia, as provas do colégio, os livros e cadernos. Com passar do tempo eu sonhava em ilustrar história em quadrinhos, as coisas foram amadurecendo, a vontade de ilustrar quadrinhos passou, mas o desejo por desenhar não. Foi um processo que aconteceu naturalmente, acho que sempre quis ser ilustrador.

kokeshi

matri

dUp: Você frequentou escolas de design, cursos de desenho etc?
GM: Eu optei por não frequentar escolas ou cursos, sempre tive muito dificuldade em focar minha atenção, enquanto existe um mundo de pessoas à minha volta, eu me disperso muito fácil, quando existem coisas acontecendo à minha volta, é por isso que até hoje eu continuo como freela e trabalho sozinho.

3

dUp: Quais são suas fontes de inspiração? E quem são as suas influências?
GM: Tudo me inspira: o Brasil, minha noiva, o cinema depois do trabalho, a comida japonesa com os amigos… Mas se for citar referências, artistas tradicionais são muito importantes para mim, eu amo Van Gogh, seu amarelo sempre me influenciou muito, e não posso me esquecer de
Romero Brito. Admiro muito Chuck Anderson e Joshua Davis. Eu me mantenho atualizado visitando o Cpluv o Uailab e lendo a Computer Arts UK e a Brasil.

dijean

dUp: Nós vemos que você tem um estilo todo peculiar, cheio de detalhes, cores, vibração… A partir de quando você adquiriu esse estilo? (você não nasceu desenhando assim, certo?? o.O)
GM: Foi um processo, experimentações durante algum tempo, influência de artistas como
Adhemas Batista e Romero Brito. Joshua Davis me influenciou muito, com a arte generativa que ele produz com actionscript. Eu só me influenciei com isso tudo e juntei a minha compulsão por cores e detalhes.
Um trabalho que é o divisor de águas do meu estilo é a Absolut Brasil, a partir de desse trabalho eu deixei a minha compulsão por repetição e cores se tornar o meu estilo.

8

dUp: Fale sobre seu processo de criação. Como se dá o nascimento de um trabalho?
GM: Para peças pessoais é mais fácil. Eu estou sempre vendo uma série de imagens que só existem na minha cabeça: pedaços, fragmentos, cores… Tudo passa na minha cabeça o dia todo, basta fechar os olhos (às vezes nem é preciso) e vejo coisas se formarem, imagens surgirem, movimentos acontecerem, e nada disso é real. Mas aí vem a parte divertida, quando eu trabalho e elas se tornam reais
Para comerciais eu sigo o “script” e tento imaginar, as coisas surgem…

dUp: Qual o projeto que você pode dizer que ficou muito orgulhoso em ver finalizado?
GM: Eu adoro Absolut Brasil, mas meu favorito foi o último trabalho para Nike, foi tão legal ver tudo pronto, as pessoas curtindo, pintando os painéis que foram produzidos para isso. Foi realmente incrível.

nike

dUp: Só por curiosidade: Quanto tempo em média você leva pra finalizar uma ilustração daquelas com muuuuitos detalhes?
GM: Em média de 5 a 15 dias, podendo se estender um pouco mais, para que a peça me agrade. Isso desde o rascunho (na minha imaginação), o processo de ilustração dos objetos, a composição, até a pintura das luzes e sombras.

omega_code_fan_art

dUp: O que você acha importante na hora de montar um portfolio online?
GM: Acho que importante é que ele venda o seu trabalho, eu não sou nenhum especialista em web, mas no meu caso optei por mostrar meus desenhos em destaque.

lucha_libre

vento

dUp: E pra finalizar, deixe algumas dicas para quem está começando (ou querendo começar) na área de design/ilustração.
GM: Uau! Essas perguntas sempre me matam, eu não sei nem que dizer quando brigo com minha noiva! Mas acho que o mais importante é: fazer o trabalho por paixão, que todo o resto naturalmente vai acontecer
.

baby

Obrigada, Guilherme! Pela entrevista e por nos inspirar com seus trabalhos!

Anúncios

2 pensamentos sobre “Guilherme Marconi- Arte e Design

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s