Rubem Alves: “Aprendi pela minha recusa em aprender”

O escritor lembra os seus anos de escola e revela qual foi seu professor mais marcante.

Acho que foi Mark Twain que disse: “Nunca permiti que a escola interferisse na minha educação…” Fiquei a pensar: o que foi que a escola me ensinou? – pergunta que é diferente de uma outra, “o que aprendi na escola?”.

Aprendi muito na escola “a despeito dela”: ela foi apenas o espaço onde encontrei professores que me ensinaram a pensar. Aprendi pela minha recusa em aprender. Já ao fim da sua vida, Brunno Betelheim, falando de sua experiência com a escola, declarou: “Na escola os professores tentavam ensinar aquilo que eles queriam ensinar mas eu não queria aprender. Por isso não aprendi…”

Lembro-me bem do jovem professor de literatura – disciplina pela qual eu nutria uma grande ogeriza. Ele nunca ensinou análise sintática, nem pediu que fizéssemos “fichamentos”e nem fazia chamada. Éramos livres para deixar a sala, se quiséssemos. Mas ninguém deixava… Ninguém queria perder o prazer de vê-lo encarnar as grandes obras da literatura.

Foi assim que a escola me ajudou: forçando-me a pensar ao contrário dos meus próprios pensamentos…

Fonte-http://www.erasmobraga.com.br/artigos/como-a-educacao-mudou-minha-vida-04-05-2011-07-45-22    

 “O nascimento do pensamento é igual ao nascimento de uma criança: tudo começa com um ato de amor. Uma semente há de ser depositada no ventre vazio. E a semente do pensamento é o sonho. Por isso os educadores, antes de serem especialistas em ferramentas do saber, deveriam ser especialistas em amor: intérpretes de sonhos.”

(Rubem Alves)


 


Site do Rubens Alves:http://www.rubemalves.com.br/


 

Anúncios

4 pensamentos sobre “Rubem Alves: “Aprendi pela minha recusa em aprender”

  1. Comentar um texto de Rubem Alves é chover no molhado… O “danadinho” sabe dizer os sentimentos como ninguém! Obrigada, querida, pela presença no Livre Pensamento! Bom feriado/final de semana! Bjks Tetê

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s