Arquivo | outubro 2008

Le sexe, l’amour, l’affection…

Tumblr_lqlfhfv3t51qe0hneo1_500_large

Eu não sou tão dependente quanto pareço,
Nem tão sensual como posso parecer…
Queria ser o avesso,

Dessa imagem que te ofereço,
Onde nem Deus nem um artista talhou,
Fui feita em desespero, por isso sou o que eu sou…
Não sou sexy, nem tão calma,

Meu coração é revolto
Minhas mãos as vezes arranham,
Mas busco,

E busco a cada minuto do meu dia
Me refazer, me possuir serena,

Busco em cada pensamento um porquê,
De eu não ser por dentro
O que por fora não sou…pequena.

O amor que sinto me engradece…

E é justo nele que encontro forças.

Buscar no meu pecado a luz que acho em mim,

mais pura, plena e santa pra você…

 Elisabete Cunha

07/11/08

P.S. 

Tenho observado que esse texto meu está na NET em outros Blogs sem o crédito da fonte, ou seja ,estão publicando e assumindo a autoria.


O texto é meu e foi escrito em 2008,portanto, quando usarem algum texto…por favor coloquem a autoria correta,ok?
 

Borboletas no Estômago – Mario Quintana

Tumblr_ln7blk94d11qi2oqso1_500_large


BORBOLETAS Quando depositamos muita confiança ou expectativas em uma pessoa, o risco de
se decepcionar é grande.

As pessoas não estão neste mundo para satisfazer as nossas expectativas, assim como não estamos aqui, para satisfazer as dela.

Temos que nos bastar… nos bastar sempre e quando procuramos estar com alguém, temos que nos conscientizar de que estamos juntos porque gostamos, porque queremos e nos sentimos bem, nunca por precisar de alguém.

As pessoas não se precisam, elas se completam… não por serem metades, mas por serem inteiras, dispostas a dividir objetivos comuns, alegrias e vida.

Com o tempo, você vai percebendo que para ser feliz com a outra pessoa, você precisa em primeiro lugar, não precisar dela. Percebe também que aquela pessoa que você ama (ou acha que ama) e que não quer nada com você, definitivamente, não é o homem ou a mulher de sua vida.

Você aprende a gostar de você, a cuidar de você, e principalmente a gostar de quem gosta de você.

O segredo é não cuidar das borboletas e sim cuidar do jardim para que elas venham até você.

No final das contas, você vai achar
não quem você estava procurando, mas quem estava procurando por você!

Tumblr_leeokraamz1qfaek9o1_400_large


SEXO DOS ANJOS…

https://i2.wp.com/www.glamour.com/images/sexmen/2006/07/10/sear01_sexboosters.jpg

Os campeões do orgasmo são os Sul africanos e os brasileiros. Mas uma pesquisa realizada por um site do grupo AOL dos EUA, que fez perguntas para 1800 mulheres sobre os orgasmos femininos, descobriu alguns fatos chocantes que indicam que o sexo parece estar tornando-se cada vez mais individual e não algo do casal.

A pesquisa descobriu que:

12% das mulheres disse que consegue ter um orgasmo apenas a cada 4 relações sexuais, uma proporção muito pequena para uma atividade que deveria sempre dar prazer ao casal.

44% das mulheres têm orgasmosdurante amasturbação. Esta é a mesma proporção de mulheres que usa brinquedos sexuais.

Destas que usam vibradores e afins 13% disse que os aparelhos tiraram sua capacidade dealcançar orgasmos.

Quase metade delas disse que fingiu orgasmos e três em cada quatro destas disse que seus parceiros nem sequer desconfiaram da mentira.

Mais de três a cada dez mulheres nunca falou de orgasmos com o parceiro.

19% do total das entrevistadas disseram que seus parceiros não podem dar orgasmos a elas sem sua ajuda.

Para 42% delas os orgasmos femininos são melhores na masturbação do que com sexo.

Um grande alerta para os homens!


Fonte: Hypescience

6134468836_66ceb14ec2_z_large

SEXO+AMOR = AMOR+SEXO???…

Olha , nós seres humanos somos cheios de vontade de entender o que se passa em nossas cabeças, quando o assunto é: “relacionamentos SENTIMENTAIS” , o  problema do amor é que dura muito, já o sexo dura pouco. Amor busca uma certa ‘grandeza’. O sexo é mais embaixo. O perigo do sexo é que você pode se apaixonar. O perigo do amor é virar amizade. Com camisinha, há ‘sexo seguro’, mas não há camisinha para o amor.

O amor sonha com a pureza. Sexo precisa do pecado. Amor é a lei. Sexo é a transgressão. Amor é o sonho dos solteiros. Sexo, o sonho dos casados…

Amor precisa do medo, do desassossego. Sexo precisa da novidade, da surpresa. O grande amor só se sente na perda. O grande sexo sente-se na tomada de poder. Amor é de direita. Sexo, de esquerda – ou não, dependendo do momento político. Atualmente, sexo é de direita. Nos anos 60, era o contrário. Sexo era revolucionário e o amor era careta…e lá vamos nós sem entender nada dessa vida…

https://i2.wp.com/www.tecinese.com/images/Sexo%20caliente.jpg

Fonte- Obvius


O Cântico da Terra – Cora Coralina

70444101_large

Eu sou a terra, eu sou a vida.
Do meu barro primeiro veio o homem.
De mim veio a mulher e veio o amor.
Veio a árvore, veio a fonte.
Vem o fruto e vem a flor.

Eu sou a fonte original de toda vida.
Sou o chão que se prende à tua casa.
Sou a telha da coberta de teu lar.
A mina constante de teu poço.
Sou a espiga generosa de teu gado
e certeza tranqüila ao teu esforço.
Sou a razão de tua vida.
De mim vieste pela mão do Criador,
e a mim tu voltarás no fim da lida.
Só em mim acharás descanso e Paz.

Eu sou a grande Mãe Universal.
Tua filha, tua noiva e desposada.
A mulher e o ventre que fecundas.
Sou a gleba, a gestação, eu sou o amor.

A ti, ó lavrador, tudo quanto é meu.
Teu arado, tua foice, teu machado.
O berço pequenino de teu filho.
O algodão de tua veste
e o pão de tua casa.

E um dia bem distante
a mim tu voltarás.
E no canteiro materno de meu seio
tranqüilo dormirás.

Plantemos a roça.
Lavremos a gleba.
Cuidemos do ninho,
do gado e da tulha.
Fartura teremos
e donos de sítio
felizes seremos.

Cora Coralina

15-img_1112_large

ENFRENTEMO-NOS…

254784_254553717895897_100000238110811_1037005_3862599_n_large

Muitas vezes teremos de enfrentar o desespero ,como tem acontecido com todas as pessoas sensíveis nas últimas décadas.Gostaria de poder ter o dom de mudar certas coisas. Por isso Nietzsche ,Camus e Sartre afirmam “…que a coragem não é a ausência do desespero,mas a capacidade de seguir em frente, apesar do desespero”. A coragem também não é teimosia,sem dúvida teremos de criar com outras pessoas. A coragem não é um valor entre os valores do indivíduo, como o amor ou a fidelidade. É o alicerce que , suporta e torna real todas as outras atitudes e valores.Sem ela o amor empalidece e se transformam em dependência. Sem a coragem, a fidelidade é mero conformismo. A palavra coragem tem a mesma raiz que a palavra francesa “coeur”, que significa coração. è difícil ser racional,é complicado ser corajoso, é terrível se manter insensível, é aterrorizante não sentir a perda de pessoas que nos cercam, é coragem sobreviver a tudo isso,é infidelidade não mais tê-las.  A coragem é necessária para que se possa Ser e Vir a Ser. Para que o EU seja é preciso Em nossa sociedade é mais fácil desnudar-se o corpo que a mente ou o espírito; mais fácil afirmá-lo e comprometer-se, compartilhar o corpo do que as fantasias , desejos,aspirações e temores,pois estes são assuntos privados, cuja revelação nos torna mais vulneráveis, por estranhas razões envergonhamo-nos de compartilhar o que realmente importa. E, assim as pessoas isolam o edifício mais perigoso, com o grande medo de expor-se. ( Se através de orações ,me fosse permitido mudar minha forma para a de um pássaro,como na lírica do poeta de Teos, eu não voaria para o Olimpo ,nem mesmo para queixar-me de amores …) .

 

O TEMPO É O SENHOR!

 

“A verdade prova que o tempo é o senhor
Dos dois destinos, dos dois destinos…
Já que pra ser homem tem que ter
A grandeza de um menino, de um menino,
No coração de quem faz a guerra
Nascerá uma flor amarela,
Como um girassol,
Como um girassol,
Como um girassol amarelo, amarelo…”

[ Cidade Negra ]

SÓ…

413700c7002843794e64d265_large

Cada ser humano vem sozinho ao mundo, atravessa pela vida como uma pessoa separada e morre finalmente sozinho. As fases de passagem pela vida física e para além dela trazem muitas experiências, onde tudo é passageiro e impermanente . As situações, os encontros e os fatos da vida surgem, permanecem por algum tempo e se vão. Com o tempo, tenho compreendido esse fato. É doloroso , mais é a realidade ,no fundo somos sós …”

[ Elisabete Cunha ]


Sozinho – Caetano Veloso

PAULO FREIRE…

Paulo Freire, educador brasileiro e considerado cientista da educação, escreveu a obra Pedagogia da Esperança, que considerada como um “re-dizer” e um reencontro com a Pedagogia do Oprimido, obra escrita e publicada por ele em 1967. Trata-se de releitura crítica onde o autor se reencontra com o primeiro texto. Ele reler a partir das transformações que se dão na realidade e a partir também das críticas recebidas por aqueles que não entenderam a Pedagogia do Oprimido ou discordaram dela.
A centralidade da proposta educacional de Paulo Freire está na ligação que ele faz da educação com a transformação da sociedade. Ele defende a idéia de que a educação tem um papel importantíssimo com o processo de libertação da pessoa humana. Partindo da idéia de que vivemos num estado de opressão constante, os sujeitos que promovem a educação devem utilizá-la como instrumento eficaz de transformação.
A Pedagogia da Esperança se apresenta como um aprofundamento da obra anterior, a que faz referência durante todo o texto. Ele reafirma as primeiras convicções, buscando responder com mais clareza os pontos principais e relevantes. A pedagogia construída por Paulo Freira é uma pedagogia que se constrói a partir da realidade das massas oprimidas. Por isso, ele defende a idéia de que a realidade sofrida das massas é o lugar da construção do saber popular. Um saber que tem cientificidade, mas que está intimamente ligado com a praticidade da vida comum do povo simples.
Ele fala que a esperança é uma “necessidade ontológica” do ser humano. Este precisa da esperança e do sonho para viver e construir um mundo melhor. A educação tradicionalista (pragmática) não leva em consideração o sonho e a esperança; antes, desmerece plenamente o autêntico sentido e valor de ambos, anulando assim a possibilidade do conhecimento transformador. A educação pragmatista promove a adequação do sujeito à ordem social, ou seja, simplesmente ajuda o sujeito a se conformar com aquilo que está estabelecido.

Não se trata de qualquer esperança, mas de uma “esperança crítica”, ou seja, uma esperança que não torna a pessoa estática (paralisada, alienada no tempo), mas que leva para a ação. É uma esperança não-saudosista, uma esperança que faz a pessoa enxergar o opressor “fora de si”, levando-a, ainda, a reinventar a própria realidade e reconfigurar a vida. Desta forma, a educação é como que um “motor” de transformação social, mas que sozinha não pode transformar. A transformação só é possível quando a educação está atrelada à prática política do sujeito. Aqui entra o aspecto da democratização da escola pública, do ensino e de todo o processo ensino-aprendizagem.

A escola precisa falar para o mundo e não para si mesma. Ela precisa levar a pessoa a entender a palavra, mas antes desta, o mundo que o circunda. Ele diz enfaticamente que “a leitura do mundo é anterior à leitura da palavra”, por isso, que no seu método, Paulo Freire defende uma leitura do mundo do estudante, antes de levá-lo ao encontro do puro saber teórico. A realidade crua e nua precisa ser enfrentada pelo educando, que auxiliado pelo educador aprende a fazer uma leitura da realidade pelo viéis da esperança. Esta o leva a superar aquilo que Paulo Freire chama de “situações-limite”.

Ele também fala da importância da linguagem e defende a idéia de que esta é o caminho para a invenção da cidadania. A linguagem tem um papel muito importante na história, pois ela consegue formular e desmascarar as ideologias opressoras e alienantes. O educando, chamado a ser sujeito cognoscente, é um ser de linguagem. A linguagem proporciona a compreensão do pensar e este é chamado a repensar o homem também como ser relacional.
A obra fala ainda da superação dos sectarismos através do ato de educar. Só que não é qualquer ato educacional, mas o ato de educar politicamente. A importância política do ato de educar leva o educando a assumir-se a si mesmo como indivíduo e como classe, libertando-o do “medo da liberdade”. O papel do educador neste processo é de extrema importância, pois a prática educativa que leva em conta o espírito político ou o sujeito como ser social e política é uma prática que também considera o “senso comum” como fonte de saber, pois este revela o que povo pensa e faz, revela a realidade do povo.

Paulo Freire explica ainda o ato de ensinar. O que é ensinar, segundo ele? A resposta é simples: “Ensinar é um ato criador, um ato crítico, não mecânico”. O ato criador de ensinar revela que o educador não pode pensar que é o sabedor de todas as coisas ou que ele leva o saber aos educandos. Isto é pragmatismo. O educador precisa entender que o educando tem um saber a oferecer, pois este não é uma “tábua rasa”, vazia, sem conteúdo. A educação conteudista pensa justamente isto: pensa que o educando não sabe de nada e que veio à escola somente para aprender.

O ato crítico de ensinar revela que toda realidade precisa se compreendida. Nada ocorre por acaso. Tudo tem lugar, personagem, destinatários, causas. Assim, o educador precisa levar o educando a “desconfiar” das coisas tais como se apresentam, pois não há compreensão da realidade sem uma prévia compreensão. O olhar crítico do educando não é o olhar crítico do educador, ou seja, o educando não pode pensar ou ser induzido a pensar conforme o educador. Isto é enquadramento. O educando precisa ser despertado para o pensar e neste encontro fazer o confronto da teoria com a prática social.

Quando o educando pensa sua realidade e a realidade do mundo, tal como este se organiza e funciona, com sua dialética e seus sistemas elaborados, também passar a compreender a história como possibilidade. A história não está pronta, mas é constantemente construída pelos sujeitos sociais e históricos. Nesta construção a luta entra como categoria histórica. Paulo Freire ensina que “é preciso transformar a vida em existência”. Nós existimos. Nós somos. Eu não sou e você não é, mas nos construímos em sociedade. Ele diz a este respeito o seguinte: “Não sou se proíbo você de ser”.

Finalmente, ele fala sobre o medo na vida do oprimido. O medo “paralisa” o oprimido diante do opressor e da opressão. É justamente diante do significado do medo paralisante que ele reforça o conceito de esperança, como elemento fundamental para se recuperar a utopia como sonho possível. O medo é vencido pela esperança que move o ser humano para a luta incansável de um futuro melhor. A leitura crítica da Pedagogia da Esperança nos faz repensar o projeto educacional brasileiro. Trata-se de uma leitura que nos leva a repensar o conceito e o método educacional. Esta magnífica obra de Paulo Freire denuncia a falta de prioridade dos governos brasileiros no que refere à educação de sua gente. Fora da educação libertadora não temos sujeitos conscientes nem transformadores.

Referência bibliográfica

FREIRE, Paulo. Pedagogia da esperança: Um reencontro com a pedagogia do oprimido. Rio de Janeiro: Paz e Terra, 1992. 245 p.

 

“Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino. A educação necessita tanto de formação técnica e científica como de sonhos e utopias”.

[ Paulo Freire ]

PEDAGOGIA DO OPRIMIDO

SUPERAÇÃO!

Boho%2cfashion%2cfree%2cgolden%2cpretty%2cstyle-5ecba2cdcc75ff21a5aa58020914972f_h_large

Vamos avaliar, uma forma correta, ou dentre as melhores, que se possa usar, como regra de superação.

Esta palavra “Superar” pode ser codificada de muitas formas: “Vencer ou exceder o nível dum obstáculo”.

Também, nos leva a outras alternativas, como se livrar de algo, que nos incomoda e destrói sonhos, esperanças e até mesmo, projetos que traçamos em nossa vida.

Mas nem sempre, nos achamos capazes, de atuar como um agente, para transformar alguma coisa. Então o que fazer numa dúvida, para se superar?
– Invista no seu potencial, ao aplicar qualquer mudança, que necessário;
– Não acredite, que apenas o seu amigo, ou vizinho…Podem superar e mudar alguma coisa pra melhor;
– Aprenda que um obstáculo, hoje, certamente será a causa, do seu sucesso, no futuro;
– Caminhe com suas próprias pernas, não transfira problemas a terceiros, que não faça parte do seu cotidiano;
– Saiba que: para aprender alguma coisa é preciso muitas vezes errar;
– Não dispense a cultura para aprimorar conhecimentos e ganhar novos rumos;
– Pense sempre positivo, pois, sua postura é importante, para superar qualquer problema, que possa vir ao seu encontro;
– Saiba que o mundo, jaz no poder do errado, então faça a sua parte, de forma melhor e correta;
– Pense no horizonte, com os olhos atentos e pise, em terra firme, com serenidade e prazer.

Obstáculos são compostos de negatividade, que podem ser transformados em degraus, para uma elevação pessoal e profissional.

Busque em seu interior a força necessária, para prosseguir, de forma disciplinada. Grave em sua memória, que essa força vem de Deus, que nos concede a sabedoria e, inevitavelmente, a razão do ser e querer.

Seja sempre uma pessoa alegre, mesmo deparando com dificuldades. Superar-se é muito mais, que um desejo de vencer.

É a certeza de lutar arduamente, a cada dia, em busca do aprimoramento.É a reação em forma de ação, uma atitude a ser tomada, na hora certa e no lugar exato.
Seja feliz! Busque sempre a luz!

CIDA DIAS

Tumblr_lqugfxiglj1qbjj61o1_500_large

 

Cecília Meireles

Minha infância de menina sozinha deu-me duas coisas que parecem negativas, e foram sempre positivas para mim: silêncio e solidão. Essa foi sempre a área de minha vida. Área mágica, onde os caleidoscópios inventaram fabulosos mundos geométricos, onde os relógios revelaram o segredo do seu mecanismo, e as bonecas o jogo do seu olhar. Mais tarde, foi nessa área que os livros se abriram e deixaram sair suas realidades e seus sonhos, em combinação tão harmoniosa que até hoje não compreendo como se possa estabelecer uma separação entre esses dois tempos de vida, unidos como os fios de um pano.


[Cecíclia Meireles]

;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;;

“Filhas de Oxum”

Tumblr_lagltkjg7y1qa7i4to1_500_large

Sempre gostei de sentir o cheiro das coisas da natureza , principalmente de me sentir perfumada.

Aqui na Bahia , mulheres vaidosas e perfumadas são representadas no Candomblé como “FILHAS DE OXUM”

A mulher perfumada deixa a sua marca sempre! A história do perfume começou há muito tempo, quando o homem primitivo descobriu o fogo e percebeu que determinadas plantas desprendiam fragrâncias agradáveis quando eram queimadas.

Com o tempo, os homens passaram a oferecer essas fragrâncias aos deuses como forma de agradecimento. Todos os templos da Babilônia, Assíria, Egito, Roma e Grécia tinham seus perfumistas exclusivos. Os mais antigos frascos de perfumes datam de 5.000 a.c. Eram fabricados na Mesopotâmia e Egito com alabastro e pedra, por estes, não serem porosos.

Hoje o perfume tornou-se a marca registrada de muitas pessoas. Por isso  temos que escolher o nosso com muito carinho. Aposte em uma fragrância que combine com sua personalidade, e que acima de tudo, desperte em você uma magia única.

Durante o verão, é aconselhável o uso de perfumes mais leves e suaves. Já no inverno é permitido usar fragrâncias mais fortes e penetrantes. Evite usar essências fortes durante o dia. Faça uso delas durante eventos à noite e em momentos mais íntimos, mas não exagere.

Os locais mais quentes do corpo são os mais indicados para aplicar paerfumes pois são locais onde à circulação sanguínea é maior, como atrás das orelhas, cotovelos, atrás dos joelhos, e na parte interna dos pulsos.

Após um banho, passe por todo o corpo, um hidratante com uma fragrância agradável. Use e abuse da sedução que o perfume provoca nas pessoas. Para as mulheres, que querem ser lembradas com entusiasmo por seus parceiros, um truque interessante: acostume-se a passar o seu perfume preferido na região da virilha, mas não fale nada, deixe que ele perceba. Os perfumes mais afrodisíacos são aqueles que combinam com você. E que despertam o seu melhor. Exalam e provocam sua sensualidade nata!

Para que os perfumes tenham uma maior durabilidade, evite deixá-los em lugares quentes e úmidos. De preferência, coloque-os sempre fechados, dentro das embalagens originais.

Lembre sempre de ter um dos seus perfumes na bolsa. Nunca se sabe quando vamos precisar dele.  Esteja sempre preparada!!!

Perfume-se!


Tumblr_lr5cgd1n5y1qbtdvyo1_500_large