Um Passeio pela Pele!

Quase Nada – Zeca Baleiro

 

De você sei quase nada
Pra onde vai ou porque veio
Nem mesmo sei
Qual é a parte da tua estrada
No meu caminho

 

Será um atalho
Ou um desvio
Um rio raso
Um passo em falso
Um prato fundo
Pra toda fome
Que há no mundo

 

Noite alta que revele
Um passeio pela pele
Dia claro madrugada
De nós dois não sei mais nada

 

De você sei quase nada
Pra onde vai ou porque veio
Nem mesmo sei

 

Qual é a parte da tua estrada
No meu caminho

 

Será um atalho
Ou um desvio
Um rio raso
Um passo em falso

 

Um prato fundo
Pra toda fome
Que há no mundo

 

Se tudo passa como se explica
O amor que fica nessa parada
Amor que chega sem dar aviso
Não é preciso saber mais nada


Fotografias de Nuno Martins

Anúncios

7 pensamentos sobre “Um Passeio pela Pele!

  1. Elisabete,

    Muito obrigado pela visita e pelo comentário que deixaste. Hoje já tinha andado a “passear” pelo teu blog, que me agradou bastante. Bem construido e diversificado, com artigos pequenos e fotografias muito interessantes.
    Encontrei coisas conhecidas, nomeadamente o anúncio à Festa do Avante, uma referência à Flávia que conhecia através do amigo Carlos Rocha do Beezzblogger.
    Agradeço, Bete, quando actualizares o blog, me digas alguma coisa.
    Um abraço,
    José Gomes

  2. Desculpa não comentar este teu post, mas é que… a malta está de partida e… Sábado, 6 de Setembro, 15h, Lago da Rotunda da Avenida Principal
    Não há Festa Como Esta!
    Até já!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s