Deseganos Virtuais…

Tumblr_lrcibhohji1qlk2mko1_500_large

Venho percebendo nas conversas ao meu redor, que relacionamentos virtuais , se tornaram comum no cotidiano de muitas pessoas, notei  também que  muitas decepções poderiam ser evitadas se não houvesse expectativas que fogem, e muito, da realidade.
Há mulheres que tomam como garantia de que estão tendo uma relação séria com alguém o fato de esse alguém declarar, por exemplo, que está gostando muito delas, e de se comunicarem várias vezes por dia, seja por e-mail ou telefone. Na verdade, sequer se conheceram pessoalmente.
Não me interessa, nesse caso, se a pessoa que cultiva a fantasia dessas mulheres tem ou não caráter, se é um indivíduo imaturo ou inexperiente, volúvel, se é um neurótico a se divertir com o fato de construir sonhos para depois frustrá-los. O que interessa é a posição da mulher diante de manifestações pouco sólidas e improváveis. Por que motivo, acreditam tão piamente em meras palavras quando se relacionam com homens que mal conhecem? Boa fé e ingenuidade, costumo dizer, são traços inadequados para os dias que estamos vivendo. Mais vale uma dose razoável de desconfiança, sem precisar chegar, acredito, àquela máxima dos tempos da ditadura, em que fulano era culpado até prova em contrário.
Sem dúvida, o ideal seria o inverso: fulano é inocente até prova em contrário. Se você prefere que seja assim, é aconselhável, pelo menos, manter um pé atrás como medida de precaução. Relações duradouras precisam de tempo para a construção das bases. O que não é possível é ver mulheres se queixando de que os homens brincam com seus sentimentos. Sim, pode ser que eles brinquem. Num site de relacionamentos, também há pessoas que só querem se divertir e algumas fazem brincadeiras de mau gosto. Mas será que mulheres modernas não sabem se proteger? Por que insistir em acreditar nos contos de fadas? Nesses contos, não há imprevistos, a não ser os positivos, e quando surgem atropelos, são corrigidos por um final feliz.
Se você entra numa relação sem usar seus instrumentos mais refinados: sensibilidade, autopreservação, auto-estima etc. não deve se queixar que a culpa é do outro. O outro nem sempre consegue se cuidar bem, quanto mais cuidar de você, se ainda nem sabe direito quem é. Alguns detectam, muito depressa, que você é ingênua e que já o toma por alguém que conhece há muito tempo. Uns se afastam – os bem intencionados – outros se aproveitam dessa situação.
Mensagem: Procure se conhecer bem, saber em que mundo está vivendo, e não se entregue de corpo e alma ao primeiro que lhe diz: È paixão o que sinto por você! Quero ver você ,toca-la,senti-la…..! E isso é válido para os homens que se empolgam por mulheres espetaculares!

 Garanto que as decepções serão menores ou não haverá decepções.

Ótima Semana!!!

Elisabete Cunha

 07/07/08

Tumblr_lqod0hybfk1qkscwbo1_500_large

Anúncios

8 pensamentos sobre “Deseganos Virtuais…

  1. Elizabete seu texto é procedente. Realmente existe muita carência e o virtual queria ou não, acaba suprindo e muitos acabam se equivocando amizade com amor e assim por diante. Procuro ser educado e sempre desejando o bem as pessoas e eu já senti este problema na pele. Sinceramente, não sou de brincar com sentimentos, mas existem homens que levam para este lado sim.

  2. É difícil lidar com as carências humanas, Bete! Acho que podem existir boas amizades e amores virtuais, que podem se tornar reais, com o tempo. O problema é quando as pessoas querem atropelar esse processo natural. É como na vida mesmo: a gente conhece uma pessoa, por acaso, inesperadamente, e pode gostar dela. O que não pode é pensar que encontrou ali o amor de sua vida, que vai resolver todos os seus problemas imediatamente. Mas, muita gente é assim. Também não podemos pensar o oposto, ou seja: jamais me encontrarei com alguém que conheci pela internet, pois só pode ser um maluco! Se essa possibilidade não for viável, todos os comentários que trocamos em nossos blogs seriam falsos, não é mesmo? Somos virtuais. Mas também somos reais, concorda comigo?
    E passa lá na redação, que Nelson Gonçalves vai cantar pra você hehehe!!!
    Bjoooooooooosssssssssss!!!!!!!!!!!!!!

  3. Esses dias eu li numa revista Cláudia uma reportagem sobre mulheres que conhecem homens pela internet e acabam caindo no conto do empréstimo, se endividando para supostamente ajudar o amado, que se aproveita de sua carência.

    É incrível que isso ainda aconteça em pleno século XX…

  4. O mundo virtual não é o local mais indicado para se deparar com um “amor”. Sim, claro que pode acontecer, pois para se apaixonar basta uma topada, mesmo que seja virtual.

    Tanto no virtual quanto no real deve haver sintonia e, mais do que isso, vindo do virtual, a sinceridade é fundamental.

  5. Concordo com vc. Ter cuidado é a melhor atitude. E vou mais além, não somente com as relações virtuais, mas com qualquer uma. Amor, paixão, amizade são sentimentos muito preciosos pra serem entregues sem responsabilidade.
    bjocas e fica com Deus

  6. Bete, acho que o maior problema no virtual é que alguns acham que podem dizer tudo o que querem exageradamente (você o amor da minha vida) e na maioria das vezes são palavras que não refletem nas atitudes. É como dizem, falar/escrever é fácil, mas demonstrar é que é dificil, né? Enfim, acho que tanto no real quanto no virtual uma boa dose de cautela não faz mal. Beijossss, queriiida!

  7. Pés no chão e respeito por si próprio é importantíssimo!! Excelente texto, Betinha!!

    Grande bjo!

  8. Verdade… A informatização chegou para criar “anônimos” (como eu- risos). Não há mais amor, olho no olho, toques de pele. Tudo é resolvido na frente de um computador.
    Agora eu pergunto: Até quando essa falta de calor humano pode durar?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s