Arquivo | julho 2008

REINICIAR SEMPRE!

A vida não é um acaso. O reinício não é uma circunstância. Felicidade não é um estado de espírito. Crer não é casual. Viver é recomeçar todos os dias, pelo alvorecer da nossa compreensão, pela confiança do nosso entardecer, pela infância da brandura que todo ser humano deve ter no coração.

Recomeçar é acreditar que a vida se renova … nos nossos pensamentos e, sobretudo, nas nossas atitudes, no fazer e refazer de nossa conduta. É preciso agir, pois, não se pode, de si para si, pensar que a oportunidade de recomeçar é inexaurível, pois, a cada dia, vidas se iniciam e se findam.

Um dia … um certo dia, talvez já não se possa, nesta vida, recomeçar.

Não deixemos que o tempo passe e, com ele, a ocasião de recomeçar … um dia que podemos encher de felicidade.

Recomeçar… de um ponto… de um lugar. Recomeçar com um gesto, com uma palavra, com um abraço… Depende de nós.

Elisabete Cunha

31/07/08

SALMO 23

Baby Angel with white winds. tipis i believe in angels

[Salmo de Davi] O SENHOR é o meu pastor, nada me faltará.

Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranqüilas.

Refrigera a minha alma; guia-me pelas veredas da justiça, por amor do seu nome.

Ainda que eu andasse pelo vale da sombra da morte, não temeria mal algum, porque tu estás comigo; a tua vara e o teu cajado me consolam.

Preparas uma mesa perante mim na presença dos meus inimigos, unges a minha cabeça com óleo, o meu cálice transborda.

Certamente que a bondade e a misericórdia me seguirão todos os dias da minha vida; e habitarei na casa do SENHOR por longos dias.

Vida Sexual Saudável e Prazerosa!

1. Sexo Não Se Nasce Sabendo, Aprenda Com Seu Corpo!

Uma das maiores causas de problemas sexuais está na desinformação e na falta de conhecimento do próprio corpo. Se não sei como reajo ao estímulo sexual, quais partes de mim são mais sensíveis ao toque, como poderei tirar maior prazer de mim mesmo e de um parceiro? Busque orientação especializada! Em algum momento, na sua intimidade, vasculhe seu corpo, observe-se no espelho, compare os pontos de seu corpo que mais lhe provocam sensações prazerosas. Para ensinar um parceiro a lhe dar satisfação, é necessário que você o ensine. Não há vergonha alguma em aprender. Geralmente o processo de descoberta e de aprendizado por si só já é bastante afrodisíaco.

2. Não Foque Sua Atenção No Orgasmo e Sim, Nas Sensações!

Se você inicia um envolvimento sexual ansiando logo pelo prazer final, há uma grande probabilidade de ter, cedo ou tarde, alguma forma de frustração, sua e/ou de seu parceiro. A rotina impera! O objetivo passa a ser o fim, e não o meio. No sexo, as coisas não funcionam assim. O orgasmo é o coroamento de um relacionamento sexual, tão ansiado, necessário, mas não indispensável em todos os momentos. Por vezes, experimente gratificar seu parceiro, dar-lhe boas sensações, prorrogar ao máximo o clímax dele. Deixe passar essa vez, adie para o próximo encontro. É, sem dúvida, um tempero importante para resgatar o desejo em um casal.

3. O Risco Como Afrodisíaco: Limites Para A Saúde Sexual

Buscar sexo em situações proibidas e de risco é uma via de duas mãos. Sabemos que o medo de leve intensidade pode estimular o desejo sexual. No entanto, qual é o limite de exposição a um risco, e em que circunstâncias devemos interromper a atividade sexual para não sofrermos danos? Você Não Sabe A Resposta! Em situações de risco não existe controle, ficamos a mercê dos acontecimentos, torcendo pela sorte, acreditando que o mal jamais acontece conosco. Ter relações sexuais sem proteção a doenças, sem proteção à gravidez e sem proteção física é sinônimo de, no mínimo, dor-de-cabeça. Quando você está se expondo, aparentemente só o desejo importa. Mas depois a preocupação cresce, atrapalhando os próximos encontros sexuais. Isso sem falar no aparecimento de reais conseqüências como a AIDS, uma gravidez, as Hepatites B e C e outras doenças sexualmente transmitidas.

A Fantasia é um substituto eficaz e seguro para a pessoa que precisa de riscos e proibições para se estimular sexualmente. Fantasie junto com seu parceiro, crie histórias, não há limites para os sonhos. Mas envolva-se sexualmente com segurança. O uso de camisinha e de algum outro método contraceptivo é de vital importância para a prevenção a danos. Não produza preocupações desnecessárias (já bastam as que vêm espontaneamente). A tensão desvia o prazer.

por Luciana Parisotto

O contrário do Amor

O contrário do Amor

O contrário de bonito é feio, de rico é pobre, de preto é branco, isso se aprende antes de entrar na escola. Se você fizer uma enquete entre as crianças, ouvirá também que o contrário do amor é o ódio. Elas estão erradas. Faça uma enquete entre adultos e descubra a resposta certa: o contrário do amor não é o ódio, é a indiferença.

O que seria preferível, que a pessoa que você ama passasse a lhe odiar, ou que lhe fosse totalmente indiferente? Que perdesse o sono imaginando maneiras de fazer você se dar mal ou que dormisse feito um anjo a noite inteira, esquecido por completo da sua existência? O ódio é também uma maneira de se estar com alguém. Já a indiferença não aceita declarações ou reclamações: seu nome não consta mais do cadastro.

Para odiar alguém, precisamos reconhecer que esse alguém existe e que nos provoca sensações, por piores que sejam. Para odiar alguém, precisamos de um coração, ainda que frio, e raciocínio, ainda que doente. Para odiar alguém gastamos energia, neurônios e tempo. Odiar nos dá fios brancos no cabelo, rugas pela face e angústia no peito. Para odiar, necessitamos do objeto do ódio, necessitamos dele nem que seja para dedicar-lhe nosso rancor, nossa ira, nossa pouca sabedoria para entendê-lo e pouco humor para aturá-lo. O ódio, se tivesse uma cor, seria vermelho, tal qual a cor do amor.

Já para sermos indiferentes a alguém, precisamos do quê? De coisa alguma. A pessoa em questão pode saltar de bung-jump, assistir aula de fraque, ganhar um Oscar ou uma prisão perpétua, estamos nem aí. Não julgamos seus atos, não observamos seus modos, não testemunhamos sua existência. Ela não nos exige olhos, boca, coração, cérebro: nosso corpo ignora sua presença, e muito menos se dá conta de sua ausência. Não temos o número do telefone das pessoas para quem não ligamos. A indiferença, se tivesse uma cor, seria cor da água, cor do ar, cor de nada.

Uma criança nunca experimentou essa sensação: ou ela é muito amada, ou criticada pelo que apronta. Uma criança está sempre em uma das pontas da gangorra, adoração ou queixas, mas nunca é ignorada. Só bem mais tarde, quando necessitar de uma atenção que não seja materna ou paterna, é que descobrirá que o amor e o ódio habitam o mesmo universo, enquanto que a indiferença é um exílio no deserto.

Martha Medeiros

MEUS DEDOS…

Adoro estar nua…


Meus dedos guardam segredos
Que não podem revelar
Bem queriam esses meus dedos
Desses segredos falar

Porém, como é segredo
Têm que a boca calar
Mas se um dia em segredo
Os poderem revelar…

Poderão ter a certeza
Com toda a sutileza
Terão muito que contar…

Elisabete Cunha

28/07/08

[

POMPOAR – Uma Arte Sublime!

431473_3376183570564_1448584123_3152043_689113996_n_largeA palavra pompoar é algo como pulsar,  com esse movimento, durante o ato sexual o homem sente apertar, soltar, torcer o seu órgão sexual, em um jogo amoroso rico e fantástico. Tanto a mulher quanto o homem sentem um aumento muito grande da libido e chegam ao orgasmo com muito mais facilidade além de melhorar a qualidade de seu relacionamento, quando a mulher tem a musculatura vaginal fortificada.

Na verdade a palavra pompoar  quer dizer muito mais, fala sobre o controle que a mulher pode exercer sobre os seus músculos puboccigeos treinados para obedecer ao seu comando.

Prazer para ambos e saúde para a mulher que tonifica a parede vaginal, melhorando seu desempenho sexual enquanto protege sua vagina contra o afrouxamento da região pélvica, causada por partos, excesso de ocorrências inflamatórias (vaginites etc.) ou pela própria idade.

(a mulher começa a modificar sua estrutura vaginal a partir dos vinte e cinco anos).

Quanto mais cedo se começar a prática dos exercícios, maior o benefício.

A mulher de qualquer idade, se beneficia com os exercícios.

Os movimentos básicos que a pompoarista pode realizar durante o ato sexual são:

Revirginar – contrair com força o esfíncter vaginal (músculo de entrada da vagina), impedindo ou dificultando a penetração do pênis. Isso possibilita simular virgindade.

Ordenhar- contrair individualmente os anéis circunvaginais de forma sequencial, pressionando o pênis. A contração começa na entrada da vagina em direção ao útero, com força média.

Chupitar – simular com a vagina a movimentação que os bebês fazem com a boca quando estão a mamar ou a usar a chupeta. No romance “A Descoberta da América pelos Turcos”, de Jorge Amado, existem personagens que chupitam com a vagina.

Sugar – chupar o pênis com a vagina.

Massagar o pênis – é outra habilidade possível, nas intensidades, fraca, média ou forte.

Morder – prática utilizada frequentemente para retardar o orgasmo do homem. Consiste em contrair fortemente o anel circunvaginal na base do pênis.

Guilhotina – é uma “mordidela” com muita força.

Algemar ou agarrar – contrair com força a musculatura vaginal, impedindo a saída do pênis.

Expulsar – expelir o pênis ou vibrador da vagina.

O pompoar possibilita, através da contração dos músculos vaginais, a masturbação feminina, até atingir o orgasmo, sem que a mulher tire a roupa ou toque o dedo na vagina.

Palavras como, chupitar, apertar, expelir, ordenhar ou dedilhar, revirginar, sugar, torcer e travar, até a bem pouco tempo desconhecidas para nós, passa a fazer parte do nosso dia a dia, porque a capacidade de efetuar esses movimentos, que transformam o sexo em um momento de puro êxtase, é parte do resultado do aprendizado dessa técnica maravilhosa, que irá transforma-la na amante que habita os sonhos mais secretos de seu amado.

Um novo momento na sua vida, começa agora, maior companheirismo entre os parceiros  e um sentido novo para o relacionamento. É hora de renovar e aproveitar com muito prazer, o que a vida tem a oferecer!  Como resultado, uma vida Sexual mais rica.

Nesse treinamento, até os exercícios são uma fonte de prazer. Este aprendizado, proporcionará além de maior saúde , também momentos de descobertas maravilhosas, em seu corpo e em sua vida amorosa.

Experimenta os exercícios do Pompoar por uma semana

Pode conhecer os músculos que irá treinar. Faz o seguinte:

Ao fazer xixi, interrompa o fluxo segure um pouco  e termina. Os músculos usados para interromper o fluxo da urina são os mesmos que você irá treinar. Mas entende bem: Este exercício serve apenas para que aprenda a reconhecer os músculos, cuidado porque existem muitos “terapeutas” ensinando esse exercício como se fosse pompoarismo e orientando para que faça todas as vezes em que for urinar, o resultado disso será uma cistite, faça os exercícios certos.

1º exercício: Senta numa cadeira (evite as poltronas), sua coluna tem que permanecer ligeiramente inclinada para a frente, sem causar desconforto, mãos nos joelhos, pés paralelos .

Inspira contraindo os músculos da vagina, como se segurasses algo dentro dela, conta até 30 e relaxa expirando. Repita este exercício por dez minutos.

2º exercício: Em pé, braços ao longo do corpo, mantém os pés paralelos e ligeiramente separados. Contraí as nádegas e tente uni-las ao máximo que puder. Conte até dez e relaxe.

3º exercício: Em pé, contraí e relaxa a musculatura da vagina, como se estivesse pulsando, faz este exercício por dez minutos.

Esses são exercícios fáceis, que irão tonificar a musculatura vaginal.

Já na primeira semana, perceberá maior sensibilidade.

4º exercício: Com o Ben-wa (bolinhas)

Coloque uma das bolinhas no órgão genital e tente puxar a outra para dentro com os músculos (no início, você pode empurrá-la com os dedos). Contraia 3 vezes e depois tente empurrá-las para fora (no começo, puxe o cordão para ajudar).

5º exercício: Com o Vibrador

Introduz a ponta do vibrador na vagina, tente sugá-lo e contraia com a musculatura do início do canal vaginal. Depois, coloque-o mais para dentro e aperte-o com o músculo do meio da vagina. Faça o mesmo com o canal todo. Em seguida procure empurrá-lo para fora.

Fonte: http://www.pompoarismo.net/home.asp 

Elisabete Cunha

27/07/08

PENSE EM SEXO, SEJA RESPONSÁVEL!!

Deixando esclarecido que quando falo em sexo, não admito o lado promíscuo ou pejorativo. Falo no sexo feito com sentimento, respeito e muita responsabilidade, mas aberto, prazeroso e extensivo numa relação sadia e amorosa. SEXO POR SEXO,NÃO!  😦

Há muita coisa que você pode fazer para colocar uma faísca novamente em sua sensualidade e para mostrar ao seu marido/namorado/amante o que você precisa para sentir a paixão que você sabe que merece.

Pense sexy


Uma das coisas mais importantes a lembrar é que o sexo não tem de começar no minuto em que as luzes se apagam.

Eu penso que ser sexy é apenas um estado mental. Se você se sentir sexy, seu corpo será mais suscetível a novas experiências íntimas e sexuais. Pessoas com pensamentos positivos em relação a si mesmas e que se sentem à vontade com seu corpo, na maioria das vezes exalam uma sensualidade natural. Logo, se você tem essa aura sexual positiva sobre você e sente ser sexy, com certeza será beneficiada na hora que estiver fazendo amor.

Isso é uma maravilha porque o sexo traz muitos benefícios positivos para a vida. E estes benefícios incluem a chance de queimar algumas calorias, diminuir a depressão e relaxar o corpo. Estudos comprovam que os problemas do dia-a-dia que nos trazem preocupações e alguma dor, normalmente são aliviados pela manutenção do sexo regular. É claro que depende da gravidade do problema que se possui, mas no geral, manter a regularidade do sexo em algumas vezes na semana faz bem à saúde em todos os pontos.

Deixando claro que não estou dando fórmulas do tesão mundial,nem sou especialista em sexo, . Como cada pessoa é única, pode ser que com vcs não ajudem nada.

Tire um tempo “Seu”


Como mulher e/ou mãe, você deve ter milhares de razões em um dia onde tem que se dedicar para as outras pessoas. Seu marido/namorado precisa de você, seus filhos precisam de você e o seu chefe precisa de você. humpft!

Mas e para você? Se você estiver correndo contra o tempo para cuidar de de todas essas coisas, você apenas irá notar que o dia está começando e acabando e que você nem sequer nota em qual dia do calendário você está. E assim, nessa confusão toda, fica complicado sentir-se sexy, pois ninguém é sexy quando está tão exausta! A solução é encontrar algo que lhe interesse, que aprecie fazer e que te anime, aí é dedicar um tempo para isto muitas vezes ao dia ou na semana e curtir esses momentos.

Não ignore as pequenas manias femininas:


Se você não aprecia o seu corpo, você não irá se sentir sexy. Gaste uns minutinhos extras fazendo as unhas dos pés e das mãos, compre aquele perfume de cheiro suave e macio e arranje um tempo para ficar imersa em um banho bem demorado dentro de uma banheira com água bem quente e com bastante espuma.

Vista-se para sentir-se sexy


Use seda e cetim, mesmo que seja sob a roupa. Por mais que ninguém mais saiba o que você está vestindo, você estará sabendo e, ao sentir a suavidade desse bom material sobre a sua pele, isto irá lhe fazer maravilhas. Uma vez que estes materiais estão associados com sensualidade e sexualidade, de alguma maneira você abrirá o seu humor para uma perspectiva mais sexy da vida. Quando se vestir bem e fizer o seu cabelo, você começará a sentir-se melhor sobre si mesma e sobre a sua aparência. Seja você mesmo bonita para si e os outros com certeza irão notar as diferenças e comentar.

Esteja aberta para a intimidade


Pergunte ao seu companheiro o que ele acha atraente em você. Muitas vezes você vai perceber que ele vê em você alguma coisa que talvez você nem percebeu. Se você quiser brincar um pouco, peça-o que mostre os seus melhores lugares sem usar as palavras, mas usando apenas os olhos, as mãos e, quem sabe, a boca, os dentes, a língua e por aí vai. Assim, você pode acabar a noite com uma agradável massagem em todo o corpo e se sentir amada por completo por seu companheiro em cada centímetro do seu corpo.

Faça sexo com a luz acesa


Sexo é tão natural quanto você é. É importante perceber que não importa o que você acha do seu corpo, mas sim que você é bonita do jeito que é, da forma natural que é. Você, como uma pessoa, tem algo muito mais a oferecer do que simplesmente uma forma física. Você é completa. Sinta-se assim.

Fazer sexo com as luzes acesas permite que você veja a intensidade de seus sentimentos fazendo amor em vez de apenas sentir a intensidade deles. Se você quiser se sentir sexy e abrir-se para as experiências mais positivas da intimidade, o que você precisa é ver-se de uma melhor maneira e gostar disso. Pode ser um pouco diferente para você na primeira vez, mas você pode acabar vendo a verdadeira beleza em sua experiências sexuais e ‘gozar’ muito com isso. Liberar-se é a ordem do dia.

Hummmmm! Aproveite com responsabilidade!

 

USEM CAMISINHA!  🙂

25/07/08